segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Semana Nacional da Conciliação - II

Estamos vivendo a Semana Nacional da Conciliação. Na postagem anterior explicamos um pouco sobre esta questão no âmbito jurídico mas nesta queremos mostrar numa perspectiva cristã a partir das palavras de Jesus extraída do Evangelho de Mateus (Mt.18, 15-20): “Se teu irmão pecar contra ti, vai corrigi-lo, tu e ele a sós! Se ele te ouvir, terás ganho o teu irmão. Se ele não te ouvir, toma contigo mais uma ou duas pessoas, de modo que toda questão seja decidida sob a palavra de duas ou três testemunhas. Se ele não vos der ouvido, dize-o à Igreja. Se nem mesmo à Igreja ele ouvir, seja tratado como se fosse um pagão ou um publicano. Em verdade vos digo, tudo o que ligardes na terra será ligado no céu, e tudo o que desligardes na terra será desligado no céu. Eu vos digo mais isto: se dois de vós estiverem de acordo, na terra, sobre qualquer coisa que quiserem pedir, meu Pai que está nos céus o concederá. Pois onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, eu estou ali, no meio deles.”. Quantas vezes em nossas comunidades tivemos conflitos entre irmãos onde foi preciso a mediação de uma outra pessoa. O pior é quando nem isso ocorre e um membro da igreja “se afasta” de vez. Para nós é muito triste mas acontece em todas religiões. Ouve-se muito que “trabalhar com gente não é fácil”. E não é mesmo. O próprio Jesus teve dificuldades com seus Doze escolhidos, quye diria nós. Mas busquemos força e perseverança em Deus para superar os conflitos e tenhamos n’Ele a mediação perfeita para vivermos em paz entre irmãos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário