segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Pai Nosso...e 7 bilhões de filhos.

Hoje, 31 de outubro de 2011, o mundo alcançou a marca de 7 bilhões de habitantes na Terra. É motivo para celebrar a criação preferida de Deus mas também de se repensar como estamos mantendo estas vidas em meio a tantos problemas. Com certeza nos primeiros minutos deste dia muitos bebês nasceram em várias partes do mundo e por isso não se sabe exatamente qual é o ser humano de número 7.000.000.000. Através de cálculos e pesquisas (e outros instrumentos como o Censo ) se chegaram a este número mas o que mais importa é como estamos preservando a vida. O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon,  encorajou a comunidade internacional a "trabalhar em solidariedade por um planeta melhor para todos" (...). Na Bíblia está escrito que Jesus alimentou pelo menos “5000 pessoas... sem contar as mulheres e as crianças”. Porém a população do planeta era muito mais que isso. Acredita-se que em todo o planeta havia 300 milhões de seres humanos já naquela época.  Para que este número dobrasse levou pelo menos uns 1600 anos. Este crescimento lento pode ter sido em função de muitas pestes e males causados por doenças que facilmente dizimava muitos habitantes, mas que hoje se encontra remédios e tratamentos tais como a gripe e a lepra. Nosso planeta só alcançou o primeiro “bilhão de habitantes” em 1802. Atualmente o país mais populoso do mundo é a China (1.3 bilhão de habitantes) seguida pela Índia com 1.1 bilhão de habitantes. A população do Brasil em 2010 chegou a quase 192 milhões de habitantes. Em 2005 a Paróquia São Daniel Comboni fez uma contagem de casa em casa para se ter uma idéia do número de habitantes no bairro de Sussuarana e chegou à uma média de 90 mil habitantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário